Instituto Katiana Pena faz a diferença na comunidade do Grande Bom Jardim.

Sem categoria

O Instituto Katiana Pena existe desde 2015 e nasceu do sonho da bailarina e coreografa Katiana Pena em trabalhar linguagens artísticas como fator de mudança social e amplificador das vozes da comunidade do Grande Bom Jardim.


O local, que começou com uma escola de dança na casa da bailarina, foi reformado pelo apresentador Luciano Hulk em 2017 e hoje chega a atender normalmente 600 crianças e jovens moradoras da comunidade.

O Grande Bom Jardim é composto por 5 bairros e possui 20.459 pessoas vivendo com até R$ 70 mensais. Essa realidade que passa desapercebida por muita gente, é força a vital que move Katiana.

“Com fome nada faz sentindo, aqui os alunos aprendem a dançar, a valorizar a vida, mas também fazemos o possível para garantir alimentação aos nossos alunos”

. Diz ela, que encabeçou a campanha “A FOME É NOSSA” para arrecadar alimentação e itens básicos de higiene para os jovens do entorno, matriculados ou não no instituto.
Através do esforços de Katiana e por meio do Gerando Falcões, mais de 300 pessoas receberam a “cesta básica digital” no valor de R$ 150 pelo período de 5 meses.

A medida emergencial não resolve o problema, mas ajuda a aplacar a crise, que chegou com impacto ainda maior para a população mais pobre de Fortaleza. Outro grande parceiro do IKP é a Edisca, gerida pela Dora Andrade, que disponibilizou cestas básicas para os moradores.


Katiana Pena e toda a equipe fazem o mapeamento das necessidades dos que mais precisam e estão na linha de frente do combate a fome.
Ajude o Instituto Katiana Pena continuar a ajudando o Grande Bom Jardim.
A Fome é deles, mas a missão é nossa.
Faça uma doação por PIX – 73304859/0001-68

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *