Sofri bullying e hoje ajudo a resgatar a autoestima de mulheres

Beleza

Franciely Moreira conta a sua jornada de reconstrução de autoestima e empreendedorismo

Um resumo da minha história.
Eu sempre fui sonhadora e cresci vendo meu pai empreender e crescer , isso me deixou sempre muito fascinada, porém minha fama de sonhadora não passava credibilidade nas minhas idéias e nem nos meus planos .
Eu comecei a trabalhar com 19 anos com meu pai,o intuito dele era que eu e meus irmãos déssemos seguimento ao empreendimento que ele construiu, inclusive eu tenho muito orgulho dele.
Engravidei do meu primeiro filho com 23 anos e estava cursando administração na Facastelo. Como eu e meu namorado que hoje é meu marido não tínhamos renda para nos sustentar, moramos com meus pais, engravidei da minha filha mais nova, que hoje tem 10 anos, o que também não foi planejado, e o incomodo de não ter o próprio sustento da minha família sem depender de meus pais era bem grande; eu já estava com meus dois filhos Nícollas e Isadora.


Eu já era apaixonada no mundo do empreendedorismo e mesmo trabalhando com meu pai eu tentava crescer de outras formas, já vendi sapatilhas, já vendi hinode e outras coisas mais, eu estava sempre procurando algo que eu pudesse crescer, porém me frustrava e desistia.
Por diversas vezes meu pai viu o dinheiro dele desperdiçado, por eu desistir na primeira frustração. Como eu tinha fama de sonhadora com os pés nas nuvens, meus planos não eram levados a sério, meu pai sempre preocupado com meus sonhos tão altos, já tinha programado que eu daria seqüência ao legado que ele deixaria ao se aposentar, porém ele sempre muito trabalhador não tinha nem previsão de quando iria parar de trabalhar e eu tinha pressa, queria crescer e mudar minha situação financeira, ser independente como minha mãe sempre disse para eu ser.


Em meio a procura do que faltava para eu me tornar a empreendedora do meu próprio império, meu pai contratou um consultor de empresas para ajudá-lo na loja,eu acredito que foi enviado por Deus, ele me ajudou; em uma conversa eu expus minha sede em construir algo que me realizasse e ele me fez várias perguntas, uma delas foi: Como você gostaria de ajudar as pessoas?
E eu muito pensativa me recordei o quanto eu sofri com baixa autoestima e o principal motivo era a falta de cuidados com minha pele, depois da gravidez minha pele manchou muito e as espinhas eram exageradas e constantes. Várias vezes eu deixei oportunidades e momentos maravilhosos passar por me sentir insegura, pois a maquiagem me deixava sempre na mão, e eu poderia estar onde fosse que eu dava um jeito de ir embora quando isso acontecia.


Bom, parece algo insignificante, mas influenciava diretamente em todos os aspectos da minha vida. Comecei a imaginar quantas mulheres poderiam estar passando pelo mesmo problema que eu. E essa foi a resposta para a pergunta dele.
Ele me fez outra pergunta:
O que você poderia fazer para ajudar essas mulheres?
Então eu respondi que poderia incentivá-las e apresentar a elas soluções para baixa autoestima e as outras conseqüências que a baixa autoestima causa.
E a última pergunta dele foi:
Como você atuaria esse incentivaria com sua empresa?
E eu pensei em como eu resolvi o meu problema de falta de confiança em mim mesma, que foi algo que mudou minha vida. E eu respondi, maquiagem e produtos de pele, cosméticos. E foi nesse momento que tudo “clareou” e ali já fui me sentindo realizada, só por ter encontrado o que eu estava em busca esse tempo todo.
Os planos do meu pai para mim eram outros, e tentei contar que eu tinha novos planos grandiosos, mas eu já tinha desistido tantas outras vezes, então tiveram algumas discussões, e eu entendo a preocupação dele comigo.
Eu não sabia como começaria uma empresa sem dinheiro para investir, sem experiência. E o consultor me disse: “-começa, não é impossível, todo mundo um dia começou pequeno. Quando você começar a procurar, você vai atrair tudo para você.” Nunca vou me esquecer disso.
Mas a verdade era que tudo o que eu pedi, que eu queria construir meu império por próprio mérito e assim estava acontecendo sem eu perceber.
Comecei a fazer tudo sozinha, pois eu não queria ouvir de ninguém que eu estava sonhando alto demais e que deveria colocar os pés no chão, eu já ouvia isso as vezes. rs
Em um ano e meio entre procura por informações e burocracias recebi vários “não” e por vezes fui desmotivada pelas pessoas que eu buscava informações, elas diziam que era impossível começar daquela forma.
Era realmente muito frustrante. E quando eu estava já disposta a desistir, Deus colocou mais um anjo em meu caminho. Uma profissional incrível que teve toda paciência e carinho comigo, durante um ano, todos os dias ela me ajudou, hoje ela e o marido assessoram minha marca e me encaminham em todos os passos, eles se tornaram meus grandes amigos queridos..
Voltando um pouco, quando eu ia planejando e buscando eu ia conseguindo e conquistando cada passo.
Meu marido me incentivou e lutou muito por esse meu sonho, foram noites mal dormidas, crises de ansiedade, preocupações e choros que ele segurou minha mão.
Quando estava tudo encaminhado e recebi os primeiros testes de produto, eu decidi contar para minha família; minha mãe, meu pai, meus irmãos e meu sogro me apoiaram muito, eu pude ver nos olhos do meu pai o orgulho que ele estava sentindo e isso me fez perceber o quanto eu era capaz e pela primeira vez eu estava seguindo sem desistir, eu senti orgulho de mim mesmo.
Em meio a pandemia eu tinha dúvidas do que fazer e decidi não esperar e lancei em Outubro de 2020 o primeiro produto da Sense, uma coleção de batons que foi um sucesso, porém eu enfrentei vários outros “não”; lojistas não creditavam no meu trabalho, se quer aceitaram conhecer os produtos, e foi frustrante mais uma vez, mas eu não estava disposta a desistir, continuei e houveram oportunidades de lojistas que me estenderam as mãos e assim comecei a seguir passo a passo de um sonho que muitos julgavam ser impossível.
Eu ainda estou no começo, mas já agradeço muito pelas minhas conquistas até aqui e tenho certeza que muitas ainda virão.
Somos marca de cosméticos com grandes propósitos e quero alcançar mulheres e levar incentivo e transformação a elas, que o autocuidado e a maquiagem faz dentro de nós e é esse o sentimento que a Sense quer que cada uma descubra em si mesmo.
Eu amo o que eu faço e a minha trajetória, busco sempre o melhor, belos produtos de qualidade para agregar muito na vida das pessoas.
E foi assim que eu me tornei REALIZADORA em vez de SONHADORA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *