Kika Simonsen apresenta sua nova coleção Twiga inspirada no Kenya

Sem categoria

Com tecidos sustentáveis e estampas autorais, a estilista homenageia o país africano com peças inéditas

O pescoço comprido, as pernas esbeltas e o grande porte, fazem da girafa um dos animais mais elegante e que mais chama atenção de longe. Correm em passos que parecem estar em câmera lenta, mas que enganam por serem bem rápidos. A coleção TWIGA, que significa girafa em Swahili, honra a rainha da natureza Kenya.

Processed with VSCO with ss2 preset

A observação da girafa Masai, de marcações orgânicas e da girafa Rothschild, de marcações geométricas, servem de ponto de partida. Dois trabalhos de arte medindo 100 x 100 cm cada, representam a figura da majestosa girafa, ou Twiga, em Swahili, em seu habitat natural. Outras duas pinturas medindo 50 x 50 cm cada representam as texturas de suas marcações em formas de pinceladas, que foram criadas e transformadas nas estampas da coleção, assim como sua visão artística do novo animal print.

A Girafa é o símbolo da inspiração para atingir grandes alturas, da intuição e da força aliada à flexibilidade. Na cartela de cores, aparecem tonalidades terrosas da vegetação semiárida e da própria girafa, contrastadas com cores primárias: amarelo, azul, e vermelho, característicos das vestimentas tradicionais das tribos Maasai. Cores vivas e flúor como laranja, verde neon, e detalhes pink na estampa Nairobi azul vem das cores das miçangas do artesanato local também estão presentes.

Vestidos fluidos estampados em seda biodegradável, com cortes minimalistas, mas que abraçam o corpo, peças em algodão reciclado em alfaiataria com cortes revisitados, tricot com padronagem criada manualmente e jacquard reciclado com desenho exclusivo de girafas são os destaques. Existe um movimento de amplitude e abraço nas modelagens, interpretadas do conforto e simplicidade que permeiam tanto o estilo de vida dos Maasai quanto da marca Kika Simonsen.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.