It’s popcorn time: Duda Schietti indica 4 documentários para quem busca cura, autocuidado e bem-estar

Cinema Lifestyle

Cada vez mais os temas de saúde, bem-estar físico e mental entram em discussão, ganhando mais espaço dentro das produções audiovisuais ao trazer visões únicas deste segmento. Documentários levam o telespectador para uma reflexão interna e que muitas vezes nos causam mudanças benéficas de comportamento.

Pensando nisso, convidamos a influenciadora de wellness Duda Schietti, que listou alguns grandes destaques que falam sobre o assunto. Dentre séries e filmes documentais, a influencer revelou um pouquinho sobre a história de cada uma e sua relevância na indústria. Confira abaixo:

Heal – O poder da cura da mente (2019) – Netflix

Esse documentário é uma jornada espiritual e científica através da natureza do corpo humano e sua extraordinária capacidade de curar. A diretora Kelly Noonan explora o impacto que pensamentos, crenças e emoções têm na saúde humana. Gostei muito do modo que ela acompanha três indivíduos em jornadas de cura traz, a partir de entrevistas com cientistas e líderes espirituais. Ótimo para aprender mais sobre o tema e ouvir diferentes pontos de vista, podendo se identificar na vida de algum dos personagens.

Como viver até aos 100 anos – O segredo das zonas azuis (2023) – Netflix

Essa indicação é de uma daqueles que você assiste e depois decide mudar seus hábitos e reparar mais na sua alimentação. É uma minissérie que aborda os hábitos das comunidades mais longevas do mundo. Com o escritor e pesquisador Dan Buettner guiando essa jornada, o doc transita por espectadores de regiões conhecidas como “Zonas Azuis”‘. Essas áreas geográficas têm sido associadas a uma taxa de longevidade alta e um estilo de vida que promove a saúde e o bem-estar, como Japão, Grécia, Costa Rica, Califórnia e Itália.

Selena Gomes – Minha mente e eu (2022) – Apple TV

A atriz, cantora, empresária e apresentadora resolveu abrir o jogo sobre sua saúde mental, fazendo fortes declarações intimas do que viveu e ensinamentos que devemos levar para a vida. Apesar de suas listas de competências serem grandes, parece que ela nunca se sentiu merecedora de tudo que conquistou. De 2016 a 2022, o documentário traz os momentos de glória e de mais dor, sua luta contra o lúpus, o lançamento de dois álbuns, premières, entrevistas, encontros, etc. É muito tocante e sensato, mostrando as fraquezas e medos de quem está sob os holofotes, além de destacar que saúde mental deve ser sempre uma prioridade.

Método de Stutz (2022) – Netflix

Este documentário foi produzido pelo ator e diretor norte-americano Jonah Hill, que foi paciente do psiquiatra Phil Stutz. Sobre o psiquiatra, o artista enfatiza em tela que não aceita como positivas algumas abordagens tradicionais, em que o profissional precisa se manter neutro, só observar e não se posicionar. Para ele, isso faz o paciente enfrentar sozinho um lento e sofrível processo até chegar às respostas que tanto almeja para solucionar suas angústias emocionais e outros problemas. Para descobrir como é o seu método em prática, é necessário assistir ao filme, mas adianto que depois você irá ficar bem reflexivo com suas atitudes, fazer exercícios físicos regularmente, cuidar da alimentação, relacionar-se com os outros, escrever sobre si em um diário e se conectar com sua força virtual.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *