Wonka, um musical doce e encantador, acaba de chegar aos cinemas!

Cinema

O doceiro mais maluco e adorado do mundo está de volta no filme mais doce do ano, que chega hoje aos cinemas de todo o Brasil. Baseado no extraordinário personagem principal de A Fantástica Fábrica de Chocolate, o mais celebrado livro infantil de Roald Dahl e um dos livros para crianças mais vendidos de todos os tempos, Wonka conta a maravilhosa história de como o maior inventor, mágico e fabricante de chocolate do mundo se tornou o amado Willy Wonka que todos conhecemos hoje.

Com direção de Paul King e roteiro de Simon Farnaby, além de Timothée Chalamet que faz o protagonista do longa, o elenco também conta com grandes nomes, como Olivia Colman, Sally Hawkins, Rowan Atkinson, Keegan-Michael Key, Jim Carter e Hugh Grant, no papel do único Oompa Loompa da história.

Podemos começar dizendo que esta é uma experiência deliciosa como chocolate! Um musical encantador que leva o público para passear nesse mundo de sonhos e esquecer os problemas reais, principalmente por causa da ambientação e trilha sonora!

A história acompanha a trajetória de Wonka quando termina uma viagem em alto-mar e chega à Galeria Gourmet, onde pretende abrir sua loja para vender doces. Porém, isso não vai ser nada fácil, pois terá de enfrentar a ganância de três magnatas do chocolate que serão capazes de tudo para não perder o monopólio do negócio. E para completar, Wonka ainda vai cair nas garras da Srta. Scrubit, uma trambiqueira inescrupulosa vivida pela brilhante Olivia Colman.

O roteiro de King e Farnaby foca bastante na esperança de que “tudo é possível se você sonhar”, mesmo em situações ruins. Infelizmente, com o passar dos anos “sonhar acordado” com algo melhor é um hábito que vamos perdendo (Inclusive, na história sonhar acordado gera multa!). Mas, algumas vezes só precisamos de um empurrãozinho para voltarmos a sonhar. E é exatamente isso que acontece com as personagens que são inspirados pela graça e carisma do jovem Wonka, interpretado maravilhosamente por Chalamet que está mais para herói do que aquela figura com ar sombrio do conto clássico.

Além das ótimas atuações, podemos destacar o visual de Wonka. Apesar de não termos muitos cenários maravilhosos como em A Fantástica Fábrica de Chocolate, pois Willy ainda não é o famoso e rico chocolateiro, mas a cenografia usa muitas cores e efeitos especiais para transformar uma narrativa simples em um mundo mágico. O ponto negativo é a captura de movimento de Hugh Grant como Oompa-Loompa, que acaba caindo no vale da estranheza. Que aliás, está bem diferente dos Loompas vistos nos filmes anteriores, pois aqui temos uma criatura que fala e é bastante questionadora.

Por fim, temos um musical inspirador, divertido e com uma atmosfera natalina, perfeito para ser visto em família. Paul King conseguiu criar uma filme harmônico, com um excelente elenco, boa trilha sonora e uma boa história de origem para o personagem clássico!

Por Patricia Porto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *