Conheça quatro alimentos que auxiliam na diminuição da ansiedade

Vitaminas e aminoácidos promovem disposição e sensação de bem-estar ao organismo

Segundo dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2019, o Brasil tem o maior número de pessoas ansiosas do mundo. O número é equivalente a 18,6 milhões de brasileiros – aproximadamente 9,3% da população. Durante o período de distanciamento social, este percentual teve um significante aumento. Um estudo da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, por exemplo, mostrou um crescimento de 80% nos casos do distúrbio desde o início da quarentena no país. Mas o que de fato é a ansiedade e quais são as formas de combatê-la?

O distúrbio é uma reação natural do corpo humano que funciona como um mecanismo de sobrevivência para lidar com as situações de perigo. Porém, em excesso, ela pode se tornar uma doença que, conhecida como transtorno de ansiedade generalizada, faz com que as pessoas sintam preocupação e medo extremos mediante a situações simples do cotidiano.

Dentre os diversos sintomas do transtorno podem estar: irritabilidade, insônia, suor excessivo, aceleramento dos batimentos cardíacos e tremores. Como forma de tratamento, o mais comum é o acompanhamento com um psicólogo e, em casos mais extremos, a introdução de remédios psicotrópicos. No entanto, a alimentação pode ser uma grande aliada no tratamento da ansiedade ajudando no controle da condição.

“Alguns alimentos contêm aminoácidos e vitaminas essenciais que atuam diretamente na diminuição do estresse, combatendo a ansiedade e aumentando os níveis de serotonina, responsável pelo bem-estar e pela sensação de relaxamento”, aponta Jessica Santos, nutricionista da Superbom, marca de alimentos saudáveis.

Abaixo, a nutricionista listou os principais alimentos que auxiliam na diminuição do quadro. Confira:

• Frutas cítricas:

Estudos comprovaram que a vitamina C, presente nas frutas cítricas, como a tangerina, diminui a secreção de cortisol, hormônio liberado pela glândula adrenal em resposta ao estresse e à ansiedade e responsável por transmiti-los para todas as partes do corpo. “Ela promove o bom funcionamento do sistema nervoso e aumenta a sensação de bem-estar. Vitaminas e minerais, como a vitamina C, são perdidas nos quadros de estresse e ansiedade. Sendo assim, é necessário suprir essas carências”, explica a especialista.

• Castanha de Cajú:

As castanhas de caju contêm uma extensa lista de propriedades e benefícios. Possuem gorduras benéficas, vitaminas do complexo B, magnésio, aminoácidos essenciais e outras substâncias que ajudam a reduzir a ansiedade e o estresse.

“Essa oleaginosa é uma ótima fonte de triptofano, um aminoácido essencial presente na maioria dos alimentos vegetais e que o corpo não é capaz de produzi-lo de forma independente. Esse componente é um precursor da serotonina. A sua falta em uma dieta pode levar à uma produção ineficaz e insuficiente desse hormônio”, comenta.

• Abacate:
A fruta é repleta de nutrientes, entre eles vitamina B6 e magnésio, componentes que podem ajudar na produção de serotonina, proporcionando a sensação de bem-estar. “Adicionar fatias de abacate em omeletes, saladas ou até smoothies auxiliam a obter mais fibras e gorduras saudáveis na dieta”, comenta.

• Espinafre:

O espinafre contém ácido fólico, uma potente vitamina antidepressiva natural. “Ele pode combater à ansiedade, pois quando está em baixas concentrações no organismo, reduz os níveis cerebrais de serotonina”, explica.

Segundo um estudo da Universidade da Califórnia, o cérebro consome muita energia para funcionar e isso resulta na sobra de resíduos químicos oxidantes. Portanto, alimentos como o espinafre, trabalham para eliminar as substâncias em excesso.

Sugestão de produtos disponíveis no catálogo da Superbom:

O suco de tangerina da Superbom Integral é um suco 100% fruta, por isso conservar o sabor da fruta tem o valor energético da vitamina C, que ajuda a prevenir inflamações no sistema respiratório.

A Granola Premium da Superbom é um mix de cereais composta por frutas secas, grãos, oleaginosas e adoçantes naturais. É um preparo que concentra carboidratos, lipídios, fibras, alto conteúdo de vitaminas A, D e E. Muito baixo em sódio, fonte de fibras, isento de gorduras trans. O resultado disso, é a melhora dos casos de prisão de ventre, redução do colesterol e da incidência de câncer no intestino. Sem contar que seu bom funcionamento dá maior disposição e proporciona uma pele mais bonita. A granola também é uma aliada na luta contra o envelhecimento, já que os minerais presentes, em especial selênio e zinco, são antioxidantes e ajudam a manter as células sempre jovens.

Sobre a Superbom

A Superbom é uma empresa alimentícia, que trabalha com uma linha de produtos saudáveis, que abrange sucos, geleias, salsichas, proteínas, pratos prontos, entre outros. Fundada em 1925, a Superbom comercializa os seus produtos em mais de 25 mil pontos de vendas em todo país. Em função disso, é considerada uma das principais empresas do ramo de alimentos para veganos e vegetarianos do Brasil. A empresa iniciou as suas atividades com a produção de suco de uva, no interior de uma antiga casa pertencente ao Colégio Adventista Brasileiro (CAB), que posteriormente ficou conhecido como Instituto Adventista de Ensino e, hoje, abriga o Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp-SP). Durante toda a sua história, a empresa atua diretamente ligada à Igreja Adventista do Sétimo Dia. Atualmente, a companhia conta com 250 colaboradores, entre a sede e as duas plantas da indústria (localizadas em São Paulo, capital, e em Lebon Régis, Santa Catarina).

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.