NA BAGAGEM DE TRAUDI

Tudo ao redor de Traudi Guida tem história, cor e pedacinhos do mundo. É que a empresária, garimpeira nata e apaixonada por viagens, aproveita cada check-in para buscar itens que representem bem os lugares pelos quais passa. Objetos carregados de lembranças que, depois, viram parte da sua casa e da sua marca, a SouQ.

A SouQ tem como base os seus garimpos mundo afora e surgiu de uma paixão por viagens. Conta um pouco sobre essa relação? 

guida pelo marrocos

  

 

A minha paixão sempre foi viajar e trazer comigo um pedacinho de cada lugar. Adoro garimpar objetos de decoração em todos os lugares por onde passo. Esse é um fator que diz muito do que sou hoje. Seja em viagem a lazer ou a trabalho, gosto de garimpar em lojas, mercados, armazéns, feiras. Uni essa minha paixão à marca. Tem dado certo! No segundo semestre deste ano vamos abrir mais lojas físicas pelo Brasil. 

  

 Como é o seu processo de curadoria de peças para a SouQ? Cada destino tem um processo específico? 

traudi guida – marrocos

  

 

Não. Eu definitivamente não sigo regras. Dificilmente saio em busca de algo específico. Comigo isso não funciona. Gosto de encontrar peças sem ser obrigada a isso. Sigo muito o meu olhar – que foi construído ao longo dos anos – e quase sempre ele é certeiro. Minhas escolhas não têm rótulos, são atemporais. 

  

 O que define seu próximo destino? 

  

A vontade de desembarcar em um lugar novo. Minha próxima viagem é para Israel e Jordânia. Apesar de ter uma ligação forte com o Oriente, ainda não conheço esses locais. Vou a turismo e estou bem animada. Com certeza voltarei com muitos garimpos de lá. 

  

Qual o seu destino quando precisa de inspiração? 

  

Tento encontrar inspiração em todos os lugares, mas eu sou completamente apaixonada pela minha casa na Ilha Bela. Lá é o meu paraíso. Para todos os lugares que eu olho, vejo uma natureza exuberante – é praticamente impossível não se inspirar. 

  

Quais os objetos mais especiais de 5 lugares que você ama? 

  

A minha casa, tanto em São Paulo quanto na Ilha Bela, é repleta de objetos de muitos lugares. Tenho carinho por cada peça que trago comigo, cada item tem a sua história. Mas eu sou apaixonada pelos meus colares indígenas do Atacama, caixas antigas da China, máscaras africanas, pufes de couro de Marrakesh e panos decorativos da Índia. 

  

Qual lugar ideal para recarregar as energias? 

Sem dúvidas, Ilha Bela. Gosto de ir para lá aos fins de semana, nos feriados ou até mesmo quando tiro uma semana de folga depois de dias mais puxados. Lá consigo descansar, recuperar minhas energias e voltar inspirada para novos dias de trabalho. 

  

Quais suas dicas para montar um roteiro certeiro para viagens de compras? 

  

Depende muito do que você quer comprar, mas todos os destinos são interessantes. Em qualquer lugar do mundo é possível garimpar e voltar para casa com boas compras. 

 

 

 

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.