HOSPITAL JÓRIO DA ESCOSSIA: TRADIÇÃO E INOVAÇÃO

Ir ao consultório odontológico apenas para cuidar dos dentes ficou para trás. É cada vez mais comum pacientes saírem das clínicas com o rosto harmonizado e o sorriso em dia. 

 

Há nem tanto tempo assim, uma dúvida ainda pairava entre os consumidores: cirurgiões-dentistas podem realizar procedimentos estéticos de harmonização facial? Pois a resposta definitiva chegou recentemente, e é “sim”. A Justiça Federal de Natal concedeu – novamente – aos profissionais da odontologia autorização para aplicarem botox e outros procedimentos citados na resolução  nº 176, de 2016, do Conselho Federal de Odontologia (CFO). Aqui em Fortaleza, a clínica Jório da Escóssia montou uma equipe completa responsável por deixar mais do que apenas os dentes belos. 

Segundo os cirurgiões-dentistas da clínica, “a lei de 1966, que regula o exercício da odontologia, já indicava que nós poderíamos prescrever e administrar fármacos tanto intra quanto extra orais, ou seja, podemos fazer uso de medicações injetáveis”. O botox entra na lista e, aliado à harmonização facial, o medicamento, de acordo com a equipe, é contemplado pela área de competência da odontologia, não apenas no Brasil, mas em vários países ao redor do mundo. 

 

Serviços de beleza 

Cinco procedimentos são ofertados no hospital Jório da Escóssia:  os tão falados bichectomia, preenchimento labial (técnica Ballarin 3D) e com ácido hialurônico de modo geral e botox; e a de nome inusitado, mas que também faz sucesso: lipo enzimática de papada. 

 

 

Qualidade de vida 

Os procedimentos de harmonização facial vão além da estética. Geralmente, estão atrelados a questões funcionais, como diminuir as dores musculares causadas pelo bruxismo ou para evitar que o paciente continue mordendo a parte interna das bochechas, o que é alcançado por meio de bichectomia, quando a gordura é removida, livrando-o de aftas e lesões recorrentes.

“Vale ressaltar que, quando tratamos o paciente com botox e preenchedores, estamos reestruturando a face das pessoas. Melhorando assimetrias, corrigindo disfunções musculares, diminuindo defeitos congênitos, a exemplo de quando preenchemos pacientes com lábio leporino. Buscamos reabilitar os pacientes, melhorando sua autoestima.” 

 

Botox: Relaxante muscular que atua diminuindo a força de contração do músculo onde for aplicado, diminuindo linhas de expressões do terço superior da face. 

Seu efeito começa em torno de 48 horas após sua aplicação, e o tempo de duração vai depender de vários fatores, entre eles, o metabolismo do paciente e seu estilo de vida.  

Intervalo: entre 3 a 6 meses. 

Preenchimento labial: Acontece pela técnica Ballarin 3D, criada por uma cirurgiã-dentista brasileira, com respaldo da Universidade de Havard. “Trouxemos esta técnica para Fortaleza, e nos proporciona resultados seguros e extremamente naturais!” 

Ácido hialurônico: É um excelente preenchedor de rugas e olheiras. Por ser um produto absorvível, o ácido pode ser reaplicado com o passar do tempo, nas áreas que forem necessárias. Como? A equipe do hospital responde. “Isto se explica, pois, à medida que envelhecemos, os coxins de gordura facial se movimentam conforme a lei da gravidade. Portanto, é importante utilizar um produto que reestruture a face ao mesmo tempo que não fique estático, pois a necessidade do paciente daqui 5 ou 10 anos não será a mesma de hoje.” 

Tempo de ação: Diferentemente do botox, o ácido tem efeito imediato, e os resultados melhoram com o tempo, graças à hidratação e à formação de colágeno na área aplicada.  

Preenchimento mandibular: Procedimento que vem ganhando força, principalmente com os homens. Hoje, o padrão de beleza masculino, com referências de modelos e atores, é de uma mandíbula forte, quadrada, dando mais virilidade ao rosto. Muitos têm procurado este tratamento, e algumas mulheres também. 

Atenção: Os pontos de aplicação e as quantidades do produto irão diferir de acordo com o gênero do paciente.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.