#OndaVerde: Veja dicas para escolher produtos de forma consciente

Cada vez mais, marcas e produtos caminham em direção à sustentabilidade. Mas como não cair em armadilhas?

Com a preocupação do consumidor em adquirir marcas e produtos de forma consciente, cada vez mais iniciativas sustentáveis são apresentadas ao mercado e empresas caminham em direção à preocupação com o meio ambiente. Marcas de diversos segmentos estão atentas às tendências e inovam ao lançar novos produtos. E já é possível que o consumidor faça escolhas conscientes sem deixar design e qualidade de lado. Abaixo selecionamos iniciativas sérias e confiáveis dos universos do bem estar, beleza e até moda. Confira!

Bonafont:

Recentemente a Bonafont, marca de água mineral natural da Danone, anunciou seu compromisso de sustentabilidade até 2025,  com três grandes pilares, sendo eles:

– Recolher e reciclar 100% do volume de plástico que coloca no mercado;
– Reduzir o uso de plástico virgem em seus produtos, alcançando 50% de Rpet (PET reciclado pós-consumo) em suas garrafas até 2025 e 100% até 2030;

– Incentivar o uso do seu portfólio retornável de galões, a linha Bonafont Re.torna, aumentando sua disponibilidade no estado de São Paulo.

E para celebrar o momento, a marca lançou além do compromisso, a primeira garrafa sem rótulo do mercado brasileiro. Em formato de 1L, 100% feita de outras embalagens da marca, a nova garrafa traz em sua concepção a proposta de circularidade, por ser feita de galões da linha Bonafont Re.torna em seu fim de vida. O lançamento também é uma forma de reduzir o uso de plástico e facilitar o processo de reciclagem.

Thays Rosini, gerente de sustentabilidade da divisão de águas da Danone, conta que “O processo de desenvolvimento e cumprimento dos compromissos de Bonafont são grandes desafios que envolvem toda a cadeia, desde a produção até o processo de descarte pelos clientes e a criação de uma garrafa sem rótulo, 100% reciclada,  é o símbolo do caminho que irão percorrer de agora em diante. Os compromissos são uma forma de poder transmitir ao consumidor a confiabilidade e seriedade da marca.”

Biossance:

Biossance, marca de beleza biotecnológica, sustentável e pioneira em Clean Beauty no Brasil, anunciou em outubro o lançamento nacional da The Clean Academy – plataforma educativa com objetivo de oferecer acesso a informações sobre os universos que permeiam temas relacionados à beleza limpa e sustentabilidade, para conscientizar consumidores e indústria, com uma imersão completa no assunto.

A marca, que já nasceu clean, baniu de seus produtos mais de 2 mil ingredientes tóxicos, ou possivelmente tóxicos, à saúde das pessoas e do meio ambiente, comumente usados na indústria da beleza. Todos os produtos Biossance são 100% livres de petróleo e toxinas, veganos, cruelty free e sustentáveis. Além disso, ela possui o selo americano EWG (The Environmental Working Group), organização dedicada à proteção da saúde humana e do meio ambiente, é parceira da Carbon Neutral, que compensa as emissões de gases do efeito estufa nas compras realizadas pelo site, além do selo Eureciclo, que faz a logística reversa das embalagens.

Islanna:

A Islanna, marca de roupas criada em Londres pela brasileira Islana Rosa, apresenta uma proposta contemporânea e sustentável. A grife mostra um estilo sofisticado aliado ao consumo consciente, adotando a sustentabilidade como um de seus pilares principais.

Para o mix de produtos femininos e masculinos, Islanna trabalha exclusivamente com produtores éticos e regulamentados na União Europeia. Dos materiais utilizados aos parceiros da marca, tudo passa por uma análise comparativa para escolher as soluções mais sustentáveis que estão disponíveis no mercado atualmente.

Entre as iniciativas estão peças que misturam algodão orgânico e algodão comercial, com a meta de alcançar uma produção orgânica em sua totalidade até o início de 2020. O material elimina o uso de produtos químicos agrícolas sintéticos, como fertilizantes ou pesticidas, mantendo um ambiente mais limpo e um habitat mais seguro para o desenvolvimento da natureza. O poliéster reciclado é outra alternativa adotada, desenvolvido a partir de garrafas de água de plástico transparentes ou da própria reciclagem de roupas de poliéster desgastadas. Como bônus, a utilização desta tecnologia reduz o consumo de energia. Outra mistura benéfica é a de seda tradicional com a de seda orgânica, pois não prejudica o bicho-da-seda, que consegue se transformar em mariposa e emergir de seu casulo naturalmente, antes que ela seja coletada.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.