TOMMY HILFIGER LANÇA E-COMMERCE NO BRASIL

Expandindo a presença da marca no país, o site contará com as coleções completas seguindo formato see now by now, disponível logo após os lançamentos mundiais

Tommy Jeans // divulgação

A partir do mês de maio, a Tommy Hilfiger inaugura seu e-commerce no Brasil. Nacionalmente, a marca conta com mais de 600 pontos de venda em multimarcas e 20 franquias, além de nove lojas próprias entre São Paulo e Rio de Janeiro. A partir deste mês, a grife terá abrangência nacional com o e-commerce oficial, entregando para todo o país.  O novo site conta com a tecnologia do Smartcheckout, onde o cliente pode fazer sua compra apenas com o cadastro de seu e-mail já tendo todos os outros dados integrados; kit look, com opções de looks prontos em que as peças podem ser vendidas separadamente, mas já facilitando a visualização em uma única página, entre outras ferramentas.

TommyXLewis // divulgação

As linhas comerciais de Sportswear e as colaborações, como TommyXZendaya, TommyXLewis e TommyXMercedes, além da nova Tommy Jeans, que desembarca no próximo mês, estarão disponíveis na nova plataforma, que contará com a mesma identidade visual e navegação que os sites internacionais, fazendo com que o consumidor possa ter a mesma experiência de compra em qualquer lugar. Os lançamentos acontecerão no formato see now by now, desembarcando no site logo após o lançamento mundial. “É com muita satisfação que vamos lançar o nosso e-commerce próprio, onde vamos oferecer toda a coleção, incluindo as cápsulas e coleções especiais, como Lewis Hamilton ou a colaboração com a escuderia Mercedes, para todo o território brasileiro” comenta Paulo Matos, diretor da Tommy Hilfiger no Brasil. No endereço br.tommy.com, o cliente terá acesso à peças exclusivas, já que no e- commerce coleções como TommyXZendaya e Tommy Jeans, que só estão disponíveis na flasgship da marca na Oscar Freire, em São Paulo, também estarão à venda.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.