JEF LANÇA PEÇAS AUTORAIS

A JEF trata cada sapato como único. Suas peças são feitas a várias mãos de maneira delicada, fruto de um trabalho autoral e de um processo criativo que preza pela permanência da identidade da marca e que retrata bem o homem atual. 

 

 

Criar um produto que expresse personalidade e seja reconhecido pela sua qualidade é o trabalho da JEF. Sem medo de ousar – em um mercado que, há pouco tempo, não se arriscava em novos designs -, a marca conta com o feeling, mas também com estudo e pesquisas de seus proprietários, Hugo e Guilherme Quinderé, para se firmar no mercado calçadista masculino. “Aprendemos muito em viagens internacionais. Focamos em pesquisas, estudos de estilo e comportamentos. Assim, conseguimos entender onde se encontra e para onde nosso consumidor gostaria de ir. A partir dessas análises, ‘tropicalizamos’ à nossa realidade e transformamos em um estilo totalmente autoral e conquistador!”, contam. 

Para transformar aprendizado em realização, é preciso uma equipe em sintonia e que cuide dos mínimos detalhes. Além dos sócios, que ficam responsáveis pela curadoria e pelo design, a marca ainda conta com profissionais direcionados para o desenho técnico, outro focado em estudo de viabilidade construtiva referente à matéria-prima e um exclusivo para o acompanhamento das peças piloto. Todo o cuidado e proximidade na criação dos sapatos encaixam-se na definição de autoral que Hugo e Guilherme pregam na JEF, onde sensibilidade e afeto fazem parte da técnica. “Entendemos que a maior ferramenta de uma marca é o seu poder de criação, suas inspirações, ideias e seu envolvimento. É onde começa tudo. Sonhar em ter uma peça e desenvolvê-la do zero é o que nos instiga, nos movimenta e nos diferencia.”  

Em um trabalho livre de amarras como o da brand, apostar no novo e deixar a criatividade fluir é primordial. A partir disso, os sócios relatam o desafio que foi introduzir um estilo de sapato pouco comum, o mule, no catálogo de produtos. “Superou todas as expectativas. Nossos clientes tiveram acesso a este estilo, que já era forte em toda a Europa, e aderiram a tendência. Fomos pioneiros e desenvolvemos algo com muita personalidade, com uma aderência surreal e que, hoje, podemos considerar um dos best sellers da marca”. O segredo é não perder a identidade e equilibrar bom gosto e design, fashion e clássico, “transformar modelos tradicionais através de pequenos detalhes, sem ultrapassar a linha imaginária que criamos, que divide o moderno do over”, ressaltam, revelando, talvez, os ingredientes para o sucesso. 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.