O poder do ÔMEGA 3 

 Você certamente já ouviu falar no Ômega 3 e, principalmente, em seus benefícios para a saúde, mas, você sabe quais são eles? A Dra. Ana Cristina Wolf explica – e desmistifica – a função desse suplemento para a saúde humana e mostra por que você tem que incluí-lo na sua dieta agora.  

 

O que é? O Ômega 3 é um ácido graxo essencial, ou seja, o nosso organismo não produz, por isso, a necessidade de ingerir esse suplemento. Ele é composto de DHA (ácido docosahexaenoico), muito necessário para grávidas; e EPA (ácido eicosapentaenóico), fundamental para atletas, por seu efeito anti-inflamatório. As gorduras ômega 3 são especiais porque elas são parte integrante das membranas das células do nosso corpo e afetam a função dos receptores celulares localizados nestas membranas. Os receptores celulares controlam a tomada de hormônios que regulam a coagulação sanguínea, a contração e o relaxamento das paredes das artérias, influenciam os processos inflamatórios e ligam-se aos receptores de células que regulam a função genética.  

 

Por que é tão importante? Devido aos efeitos citados acima, o Ômega-3 pode ajudar a prevenir doenças cardiovasculares e derrame, auxiliar no controle do lúpus, do eczema, da artrite reumatoide e ainda proteger contra o câncer e outras doenças, já que ele impede que os triglicerídios sejam absorvidos pelo corpo. Se o hábito de ingeri-lo for associado à boa alimentação e atividade física diária, o risco de morte por pressão alta e problemas cardíacos reduz consideravelmente. 

 

Onde encontrar? Peixes, óleos vegetais, nozes, sementes e óleo de linhaça e vegetais folhosos são alimentos ricos em ômega 3. 

 

+ Benefícios 

 

Melhora a memória e o raciocínio – DHA é um ácido graxo responsável pelo sistema cognitivo, porque protege as membranas celulares, tornando as vias neurais mais fortes e prevenindo Alzheimer e déficit de atenção em crianças. 

 

Fundamental na gravidez – O Ômega 3 é essencial para o desenvolvimento neurológico e visual do feto. Vários grupos de especialistas concordam que durante a gravidez a mulher deve garantir a ingestão de pelo menos 300 mg de DHA por dia, particularmente no último trimestre, para garantir as quantidades essenciais desta gordura para a formação do cérebro e da retina do feto. Há evidências também de que pode oferecer vantagens qualitativas para a gestante, incluindo a diminuição do risco de depressão pós-parto e pode prolongar ligeiramente o tempo de gestação,    oferecendo benefícios potenciais para o crescimento e desenvolvimento do bebê ao longo de toda a sua vida. 

 

Melhora o sistema imunológico – Os ácidos graxos poli-insaturados reduzem o risco de infecções e aumentam suas prostaglandinas, hormônio que combate as infecções. 

 

Melhora a saúde das articulações – O Ômega 3 previne o enrijecimento das articulações e auxilia na elasticidade. 

 

Perda de peso e aumento da massa magra – O consumo do Ômega 3 aumenta a saciedade, e pesquisas mostram o aumento da quebra da gordura, porque o uso aumenta o glucagon, hormônio que estabiliza a insulina (principal hormônio da obesidade). 

 

Recuperação muscular e resistência física – Estudos mostraram evidências na rápida recuperação pós-treinos em atletas que tomam ômega 3, porque as gorduras poli-insaturadas protegem as células nervosas, impedindo sua morte, além de preservarem o glicogênio muscular, que aumenta a resistência aos treinos. 

 

Antes de comprar, fique atento: 

O bom ômega 3 tem que possuir o selo IFOS, que certifica a procedência e indica que o produto é livre de metais pesados, o que determina sua qualidade. A Noruega e o Canadá são os melhores produtores deste óleo, pois os peixes precisam estar em locais frios para garantirem um bom Ômega 3. 

 

É importante lembrar que: 

Atualmente, a importância do exame genético somado à sua fase da vida e/ou exames bioquímicos ditam a quantidade certa de EPA e DHA que cada indivíduo necessita ingerir. Por isso, antes de incluí-lo à dieta, sempre consulte um profissional atualizado e preparado. 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.