LISBLU TRAZ NOVIDADES DA FASHION WEEK NY PARA 2019

O trio de caps da Lisblu, atelier de vestidos de festa e noivas queridinho em Fortaleza, foi até a Big Apple para ver de pertinho o Bridal Fashion Week, a semana de moda mais badalada do setor de casamentos.

​As estilistas Karina Jalles e Natalia Viana, e a administradora Amanda Viana, trio à frente da Lisblu, atelier de vestidos de festa e noivas em Fortaleza, viajou até Nova Iorque para trazer as principais novidades do mercado, mostradas no Bridal Fashion Week, às suas clientes. “Foi uma experiência indescritível e enriquecedora”, conta Karina. Lá, elas assistiram aos desfiles de marcas conhecidas internacionalmente, às apresentações de coleções, conheceram grandes nomes que assinam os vestidos mais desejados entre as noivas fashionistas e ainda puderam visitar os bastidores de lojas como a Pronovias e a Kleinfeld, conhecida por ser o local do programa “O Vestido Ideal”, do canal Discovery Home&Health. “Lá, eles atendem milhares de noivas por mês, e nós conferimos tudo, desde o backstage, a parte de costura, aviamentos… fizemos um tour completo”, explica Natália, que ainda ressalta a felicidade em saber que a forma de trabalho usada pela Lisblu é bem parecida com a das brands que tanto as inspiram. E se você, noiva, quer saber o que mais se viu entre as tendências do BFW, Natália responde:

“A renda continua muito forte, sejam as rendas florais, 3D, chantilly, com bordados e rebordados. O tule está super em alta, muitas camadas de tule, assim como a substituição do véu por capa ou por mangas mais compridas, que alongam e fazem a vez de véu. Também vimos muita cauda suposta, bastante brilho, mas muitos vestidos leves e confortáveis, que traduzem bem a feminilidade”, destaca a estilista, acrescentando que as três realizaram um grande sonho profissional para tornar realidade os lindos sonhos de suas clientes. 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.