EMILLY ARAÚJO – PEQUENA GRANDE MULHER

Emilly Araújo ganhou mais do que o prêmio pós-BBB. Protagonista da 17° edição do reality

Uma gaúcha doce e de personalidade marcante viu, aos 20 anos, sua vida se transformar – enquanto o Brasil inteiro acompanhava – ao participar da décima sétima edição do reality show paixão nacional: o Big Brother. Com um jeitinho de menina, mas que nunca escondeu a mulher decidida que é, Emilly Araújo conquistou o público e se consagrou campeã do programa, levando para casa, além do prêmio de R$1,5 milhão, uma legião de fãs fiéis. Essa seria só mais uma história de uma vencedora do BBB se não fosse por um significativo detalhe: a moça, junto a sua irmã gêmea Mayla, entrou na casa mais vigiada do país pouco tempo depois de perder sua mãe, vítima de câncer.

Segundo Emilly, mesmo diante de todas aquelas repentinas mudanças e durante todo o confinamento, sempre sentiu que a mãe estava por perto lhe dando forças. “Foi um turbilhão de emoções, mas tenho certeza de que ela esteve em todos os momentos dentro da casa comigo”, lembra, reforçando que o reality foi uma etapa importante para que pudesse amadurecer. Hoje, um ano depois, ela vem encarando novos desafios, conquistando seu espaço e celebrando o carinho de milhares e milhares de brasileiros que são apaixonados pela gaúcha.

A prova disso é que, no ano passado, ela levou para casa o troféu de Personalidade da Internet, no prêmio Jovem Brasileiro 2017. “Participar do BBB fez com que muita gente me conhecesse. Esse reconhecimento e o amor dessas pessoas é um dos melhores presentes que alguém pode receber. Sou muito feliz e realizada”. Em sua passagem por Fortaleza, ela posou para as nossas câmeras, e o resultado foram cliques maravilhosos dessa mulher que já carrega tantas vitórias, mas que não deixa de sonhar, como toda menina.

 

 

#Esevocêpudesse…

por Emilly Araújo

 

E se você pudesse escolher um dom, qual gostaria de ter?

Queria ter o dom da cura e conseguir curar toda e qualquer doença. Toda e qualquer dor…

E se você pudesse abolir um sentimento, qual seria?

Ódio. É duro saber que as pessoas se deixam levar por um sentimento que é capaz de destruir vidas.

E se você pudesse voltar no tempo, para qual momento voltaria?

Para o dia mais feliz da minha vida: a despedida que Deus me concedeu ter ao lado da minha mãezinha. Teria dito mais um milhão de vezes o quanto eu a amo, dado mais um milhão de abraços e beijos na mulher mais linda e incrível que já esteve nesse mundo.

E se você pudesse prever seu futuro, como gostaria de estar daqui a 10 anos?

Trabalhando bastante para dar uma vida cada vez melhor para a minha família. Além disso, durante esses 10 anos, quero viajar para conhecer muitos lugares do mundo e a culinária de cada cultura. Gosto muito de comer! (risos)

E se você pudesse mandar um recado para os haters, o que você diria? Diria que é preciso cultivar o amor, na sua essência mais pura, e os sentimentos bons da vida. Afinal, por que torcer tanto para o mal do outro? Onde é que a derrota do outro é vitória pra vocês?

E se você pudesse encontrar mais uma vez com sua mãe, sobre o que falaria para ela? Eu consegui, mãe! Foi exatamente o que tu falou pra mim antes de partir: “Tu vai conseguir, filha. A mãe vai perder o medo de avião pra ir te ver”. E tu voou até lá pra me dar forças. Eu sei! Mãezinha, agora posso realizar teus sonhos tão simples, aqueles que não tínhamos condições financeiras de realizar antes. Tu é a pessoa mais evoluída que eu conheci na vida, a mulher mais linda e a melhor mãe do mundo. Eu te amo além do infinito!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.