COMO ALCANÇAR O LOIRO DOS SONHOS

Arquiteto de formação e hairstylist por paixão, Felipe Neto vem fazendo a cabeça das mulheres da cidade, literalmente. A seguir, contamos mais sobre a trajetória desse pernambucano que mal chegou, mas já é sinônimo de sucesso

Graduado em Arquitetura, o pernambucano Felipe Neto descobriu nas madeixas femininas – que muitos consideram a moldura do rosto – suas formas preferidas. “Durante a faculdade, ainda em Recife, eu já trabalhava com cabelo, mas minha primeira vinda a Fortaleza foi para fazer um projeto de interiores”, lembra. E foi numa dessas vindas que, enquanto procurava um estágio na área, acabou se dando conta de que sua verdadeira vocação era outra: trabalhar como hairstylist, mais especificamente com coloração. A essa altura, ele já acumulava diversos cursos, entre eles um com o renomado Romeu Felipe. Decidido a ficar na cidade, procurou Cynthia Gomes, que, mesmo sem conhecê-lo, resolveu dar um voto de confiança ao jovem. ” Ele perguntou se podia levar uma modelo para ver seu trabalho e, quando vi, fiquei encantada com tamanha sensibilidade, técnica e olhar artístico. Todo sucesso e reconhecimento é fruto de muito talento, perfeccionismo, tratamento diferenciado e comprometimento com o cliente”

 

Foram todos esses atributos, aliás, que fizeram que, com menos de um ano atendendo no Donna Salon, Felipe se tornasse um dos profissionais mais procurados da cidade para realizar mechas. “Tento fazer um cabelo para cada pessoa. Não costumo fazer cabelos iguais, tento criar. Fazer mechas para mim é como pintar um quadro em branco, que vou pintando enquanto converso com a cliente, e nessa conversa vou vendo o que se encaixa nessa pintura. Isso porque acredito que cada cliente tem uma personalidade, e para cada personalidade, uma tonalidade, cor da pele , lifestyle, tudo isso requer um cabelo diferente do outro”, explica.

Mas ninguém melhor para falar o porquê de todo esse sucesso do que as próprias clientes, não é mesmo? Por isso, selecionamos um time de loiras e morenas iluminadas que, ainda que não dissessem uma palavra, ainda assim seriam o melhor portfólio de Felipe. Espia só!

 

 

Nágela Pinheiro “O que mais gostei foi da inovação que ele dá nas cores, nos tons diferentes. Tudo bem atual! Como pessoa, o Felipe também se destaca, por ser aberto a conversar e conseguir deixar a cliente bem à vontade”

Silvia Leal “Acho que o diferencial do Felipe é a criatividade que ele tem para desenvolver novos tons, de acordo com o que combina com cada cliente. E também o fato de ele produzir a cliente depois que faz a cor. Ele escova o cabelo, faz o babyliss, faz uma make leve. Você já sai daqui pronta, se achando linda”.

Talita Tesch “Conheci o Felipe de uma forma bastante inusitada. Eu estava no supermercado, e ele me abordou dizendo que gostou muito do meu cabelo e queria me convidar para uma transformação, que seria registrada pela inVoga. Vim pra cá, conversamos, ele me falou o tom que ia ficar, e eu topei. Foi uma mudança grande, principalmente porque foi a primeira vez que pintei na vida, mas amei!

Mikaela Botura “O que mais gostei nas mechas do Felipe é que, além da cor ter ficado exatamente como eu queria, sem a raiz marcada, o cabelo foi crescendo e fica bem natural. Meus fios já tinham pintura, progressiva e, ainda assim, sofreu bem menos, porque ele teve um cuidado todo especial. Enfim, amei o resultado, desde a cor até a textura”

Larissa Siqueira Mendes “O Felipe tinha acabado de chegar a Fortaleza, eu estava aqui, e a Cynthia pediu para eu dar uma oportunidade a ele, e… preciso dizer: foi uma das melhores oportunidades que já dei na minha vida. Ele é ousado e investe muito em cursos também. Isso faz com que o resultado fique cada vez melhor”.

SERVIÇO

Instagram: @antoniofelipes

Atendimento sob hora marcada, no Donna Salon.

Agradecimentos/looks: Dzerre Conceito.

Make: Israel Wiclef / Cleilson Ribeiro

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.